Logo
conteúdo

blog

conteúdo

Como fazer marketing no Facebook

O Facebook ainda é a maior rede social no Brasil e no mundo. Globalmente, é uma rede com mais de 1 BILHÃO de usuários, e mais da metade a utiliza diariamente. No Brasil, trata-se de uma base de 50 milhões de usuários. Com tamanho público, não utilizar o Facebook é uma grande perda de oportunidade para a maioria das empresas. Por isso, a questão é: como fazer marketing no Facebook? De que maneira podemos atingir seu público específico, de forma a GERAR VENDAS?

Neste guia, vamos mostrar um passo a passo de como planejar e executar uma estratégia consistente de Facebook. Seja você um pequeno empresário, uma startup ou um analista de marketing, essas dicas podem fazer a diferença nos seus resultados! Vamos lá?

 

facebook-marketing-stats

Primeiramente, vamos compreender quais são nossos principais objetivos ao desenvolver uma estratégia de Facebook. Para aprendermos como fazer marketing no Facebook, precisamos compreender as principais vantagens da plataforma. São elas:

 

1- Público.

Praticamente todo mundo está no Facebook. Pessoas com todas as idades, faixas socioeconômicas, profissões, interesses, etc. Por isso, se seu produto ou serviço possui um público-alvo amplo, o Facebook é perfeito para você.

 

2- Segmentação.

O Facebook possui um sistema de segmentação de anúncios excelente, em que é possível escolher exatamente o seu perfil de público-alvo. Você pode segmentar seu anúncio por gênero, idade, região, profissão, renda, interesses, etc. Por exemplo, é possível escolher enviar uma promoção de dia das mães apenas para mulheres, com filhos, do seu bairro, que ganhem mais de 4000 reais por mês.

 

3- Custos.

Em comparação a meios mais tradicionais de marketing, o Facebook ainda é barato. Com o valor equivalente ao de uma panfletagem, é possível obter resultados expressivos com marketing no Facebook. No entanto, é importante lembrar: a palavra-chave dos resultados em qualquer tipo de ação de marketing – incluindo Facebook – é CONSISTÊNCIA. Consistência é, inclusive, o lema da MPlan.

 

4- Mensuração de resultados.

Uma das grandes vantagens do Facebook (e outros meios digitais) é a possibilidade de medir com precisão os resultados obtidos. É possível saber exatamente quantas pessoas visualizaram seu anúncio, quantos clicaram, quantos se cadastraram para receber mais informações, etc. Com isso, é possível tomar decisões mais inteligentes a respeito de como aperfeiçoar sua estratégia.

 

Mas afinal, como fazer marketing no Facebook?

 

O Facebook possui 3 ferramentas principais que podem ser usadas por qualquer empresa: Páginas, Anúncios (Ads) e Grupos. Cada opção possui um propósito específico, e é possível combiná-los para obter maiores resultados.

 

Páginas

Páginas de Facebook são parecidas com perfis de usuários, mas são usados por empresas, organizações e figuras públicas. Usuários podem “curtir” sua página e, com isso, automaticamente receber atualizações em sua News Feed. Não é necessário que o dono da página aceite os fãs, e não há limite de fãs que uma página pode ter.

VANTAGENS: páginas são grátis e fáceis de configurar.

DESVANTAGENS: apenas com alcance orgânico (não pago), é muito difícil criar uma base de fãs atualmente.

 

Anúncios de Facebook (Facebook Ads)

O Facebook Ads é a plataforma de anúncios direcionados do Facebook. As vantagens de segmentação que mencionamos anteriormente são baseados nessa ferramenta.

VANTAGENS: excelentes possibilidades de segmentação. Você pode atingir exatamente o público que deseja.

DESVANTAGENS: dependendo dos seus objetivos, o Facebook Ads pode se tornar uma plataforma cara em relação às outras.

 

Grupos

Grupos são parecidos aos antigos fóruns de discussão, e podem possuir grande interação de seu público. Você pode criar grupos relacionados ao seu negócio como uma maneira de manter um canal de comunicação com potenciais clientes.

VANTAGENS: grupos são gratuitos e possuem grande potencial de engajamento.

DESVANTAGENS: grupos podem dar muito trabalho e exigir muito tempo para obterem usuários.

 

Como fazer marketing no Facebook com Páginas

 

A página da sua empresa é a base de sua estratégia de marketing no Facebook. Elas são gratuitas, relativamente fáceis de configurar e muito flexíveis. No entanto, mesmo assim, é importante saber como usá-las, para que gerem resultados.

 

Foto de perfil e Capa

Sua foto de perfil deve ser o seu logotipo. Só isso.
Já sua capa é outra história. Você pode ser mais criativo para decidir o que colocar. Pode ser uma foto de sua equipe, uma arte elaborada sobre seu negócio, informações de contato, etc. O importante é que seja algo agradável, que atraia a atenção do usuário.

 

Sessão “Sobre”

A sessão “sobre” fica logo abaixo o seu logotipo. Escreva o que sua empresa faz, apresente-a em poucas palavras. Informe sobre seu produto ou serviço, seus diferenciais, tente se conectar ao seu público.
Seja amigável e informal. Normalmente, no Facebook, é melhor ser causal do que excessivamente formal.
Veja a página “sobre” da Agência MPlan:

https://www.facebook.com/pg/agenciamplan/about/

 

O que postar na sua página

O que você postar aparecerá nas linhas do tempo das pessoas que “curtiram” sua página. Bem, mais ou menos. É que, há alguns anos, todo o seu conteúdo seria entregue a toda a sua base de fãs. Hoje em dia, não é mais o caso: o Facebook possui um algoritmo complexo que irá determinar quantas pessoas serão atingidas pelos seus posts orgânicos (isto é, não pagos). Em geral, esse alcance é bem baixo.

Uma forma de fazer com que uma parcela maior de seu público veja suas atualizações (sem precisar pagar para “impulsionar” o post) é SENDO ÚTIL E CONSISTENTE. Ou seja, poste assuntos realmente interessantes, relevantes, que façam com que seu público queira interagir com a mensagem. Isso faz com que seu alcance orgânico aumente muito:

– Links para artigos relacionados à sua empresa ou segmento.
– Links para posts em blog.
– Cupons de desconto.
– Novidades em produtos ou serviços.
– Ferramentas online que podem ser úteis.
– Entre outros.

Outra dica é NÃO POSTAR DEMAIS. O alcance de cada post vai acabar disputando o mesmo espaço e não gerará mais resultado. E pior: você pode se tornar uma empresa “chata” e acabar perdendo fãs.

Você deve sempre se perguntar: “como fazer marketing no Facebook e ser útil AO MESMO TEMPO?”

 

Não faça spam

Uma das grandes armadilhas em que muitas páginas caem é esta: após aprender como fazer marketing no Facebook, logo a página se torna uma “página de anúncios”. A empresa passa a apenas anunciar seus produtos e serviços na página, sem distribuir conteúdo realmente relevante para seu público. E este é um erro grave.

– Primeiramente, você perderá fãs, pois NINGUÉM ENTRA NO FACEBOOK QUERENDO VER ANÚNCIOS.

– Em segundo lugar, seu alcance orgânico será severamente penalizado, pois o Facebook detecta que seu conteúdo não está sendo realmente interessante para as pessoas.

Antes de postar algo, certifique-se que faz parte de uma estratégia consistente de postagens, em que os anúncios e o conteúdo relevante sejam equilibrados.

 

Estude resultados e estatísticas

O Facebook disponibiliza informações e métricas excelentes para guiar sua estratégia. Se você verificar um grande número de interação em uma publicação, por exemplo, tente descobrir o motivo desse sucesso e repita a fórmula. Caso perceba que sua base de público está mudando, tente readequar suas mensagens para seu público ideal.
Para acessar as métricas da sua página, entre na sessão “Informações”. Ali você terá um panorama completo da sua página, com informações sobre idade dos usuários, interesses, cidades principais, publicações de maior sucesso, etc.

 

facebook-gua-marketing

Como fazer marketing no Facebook com Ads

 

A grande vantagem do Facebook Ads é a sua capacidade de segmentação. Você pode direcionar anúncios baseado em qualquer informação do perfil do usuário, além de mensurar seu sucesso com cada segmento.

Você pode escolher ser cobrado por impressão ou por clique no anúncio, e a melhor escolha irá depender dos objetivos da sua campanha. Você também pode estabelecer limites diários de orçamento para não ter surpresas desagradáveis.

É possível escolher anúncios de diversos tipos:

– Anúncios que direcionem à sua página do Facebook;
– Anúncios que direcionem ao seu site;
– Anúncios para captação de Leads (contatos de potenciais clientes);
– Anúncios de eventos, com confirmação de presença;
– Anúncios de instalação de aplicativos, e muito mais.

Após escolher como você quer ser cobrado, e qual é o objetivo do seu anúncio, você está pronto para iniciar a criação de sua campanha. Você deve estipular seu orçamento diário, seu público-alvo (utilizando as opções de segmentação), as imagens a serem utilizadas e textos. Utilize imagens bonitas, interessantes, que chamem a atenção. Para escrever o texto do anúncio, utilize as dicas deste post, também da Agência MPlan, sobre como escrever de forma vendedora!

Configurado o anúncio, é hora de levar a campanha ao ar e monitorar os resultados, como CPI, CPC, taxa de relevância, etc.

IMPORTANTE: o Facebook penaliza anúncios que contenham texto na própria imagem. Procure apenas colocar textos nas legendas e deixar a imagem “limpa”.

 

Capriche na segmentação

Já falamos isso, mas vale repetir: a segmentação é a grande vantagem dos Facebook Ads. Veja alguns exemplos de como usá-la e turbinar a forma como fazer marketing no Facebook.

– Se você possui uma academia, direcione para pessoas no seu bairro, de 18 a 45 anos, com renda compatível ao seu estabelecimento.
– Se você tem uma transportadora, direcione para pessoas que acabaram de se mudar, na sua cidade.
– Se você vende produtos para bebês de alto padrão, direcione para homens e mulheres que acabaram de ter filhos, com renda familiar superior a 10 salários mínimos.
– Se você quer vender motos Honda, direcione para pessoas que curtam a página da Honda e interajam com conteúdos relacionados a motos.

 

Conclusão

Facebook é uma ferramenta poderosa, flexível e com preço acessível. A maioria das empresas pode se beneficiar das possibilidades de promoção direta e indireta que essa rede social possui.

Realmente, não é tão fácil se acostumar com as diversas possibilidades que o Facebook oferece. Caso você não seja da área de marketing, pode ser mais proveitoso contratar uma equipe profissional para fazer a gestão do seu Facebook, como a Agência MPlan. No entanto, caso você seja um pequeno empresário com força de vontade para aprender, e tempo disponível para isso, com certeza valerá a pena colocar a mão na massa e aprender. Para muitas empresas, o Facebook é uma parte indispensável do negócio.

É também um momento oportuno para entrar. Enquanto escrevemos esse artigo, o Facebook já é uma plataforma muito popular, mas a grande maioria das empresas ainda não a utiliza. Por isso, quem entrar agora ainda pode aproveitar uma vantagem estratégica sobre as outras. Quanto mais novas empresas entrarem, maior ficará a concorrência e os custos dessa plataforma.

Se o Facebook não é ainda uma parte da sua estratégia de marketing, deveria ser. Agora que você sabe como fazer marketing no Facebook, nosso maior conselho é: comece agora mesmo. E, caso necessário, conte com a Agência MPlan para ajudar.

Saiba mais sobre essa empresa apaixonada por resultados no Facebook aqui.

 

Referência: https://blog.kissmetrics.com/facebook-marketing/

Deixe um comentário